icon-newsletter

Dia 25: contentamento no casamento

“De fato, a piedade com contentamento é grande fonte de lucro.” — 1 Timothy 6:6


SEU DESAFIO:

Busque seu contentamento apenas no Senhor.


Por Heidi Jo Fulk

O casamento é muito importante. É a maneira como Deus manifesta ao mundo a relação de aliança entre Ele e o homem, tornada possível por meio de Cristo

(Efésios. 5: 31-32). O casamento conforme definido na Bíblia; uma aliança vitalícia entre um homem e uma mulher (Gênesis 2:22–24); envolve um compromisso diário e contínuo que tem um propósito eterno. Esse propósito é glorificar a Deus e torná-lo conhecido.

É essencial ter esse propósito em mente e no âmago do seu coração ao se preparar para o casamento ou, se já for casada, ao viver como uma mulher casada. É também a base para o contentamento se o seu casamento parece ser uma luta diária. Perspectiva é a chave em qualquer experiência de sofrimento ou provação. Manter o propósito eterno do casamento como sua esperança e meta moldará suas ações e reações diárias.

Embora desejemos alegria, realização, amor, cuidado e paz em nosso casamento, essas não podem ser as únicas coisas nas quais encontramos contentamento. Em última análise, nosso contentamento deve vir de saber que ser fiel ao nosso cônjuge está nos tornando mais semelhantes a Cristo (Hebreus 12:2). Este não é um foco em sentimentos e circunstâncias, mas um foco que ajuda a definir nossos sentimentos e circunstâncias.

As Escrituras nos dão algumas instruções práticas sobre como buscar contentamento em qualquer relacionamento. Ao ler e compreender a Palavra de maneira consistente, você se conformará cada vez mais a ela.

Talvez você tenha aplicado esses versículos em relacionamentos com outros membros da família, amigos, membros de sua igreja ou vizinhos, mas eles se aplicam ao seu casamento também:

  • Salmo 133:1
  • Colossenses 3:12–15
  • Romanos 12:18
  • 1 Pedro 4:8–10

Viver os princípios encontrados na Palavra de Deus a ajudará a encontrar contentamento em seu casamento. Amor, perdão, compaixão, bondade, humildade, mansidão, paciência, tolerância e paz devem caracterizar seus pensamentos, suas palavras e ações.

Você não exibe (e não pode exibir) essas qualidades por si só. Romanos 5:3–5 apresenta um processo de esperança que começa com aflição e constrói o caráter e a perseverança pelo poder do Espírito Santo.

Uma sugestão: fuja dos sugadores de contentamento. Exemplos incluem expectativas irrealistas, comparações com outros casais e foco em si mesma. Se uma circunstância ameaçar seu contentamento, leve-o ao Senhor. Coloque-o a Seus pés. Peça a Ele para redimi-la. Peça perdão. Então, confie nEle para capacitá-la a se mover em direção ao contentamento novamente.

Minha exortação final é orar. Ore por seu marido. Ore por sua atitude. Ore por seu relacionamento e suas circunstâncias. Encontre versículos e passagens da Bíblia para orar. A oração não é uma sugestão banal; é uma ação inovadora e transformadora que você pode realizar.

Focada no propósito de Deus para o casamento, com Sua Palavra como guia, a oração como sua missão e o Espírito Santo como seu poder, o contentamento virá. Isso é possível em meio a um casamento difícil e até por causa dele. Cristo pode ser formado em você e revelado por seu intermédio à medida que você caminha fielmente no casamento. Apegue-se à esperança eterna porque Aquele que promete é fiel.

 

REFLITA E RESPONDA:

  • Em que ponto você se encontra na busca pelo contentamento?
  • Quais são os seus “sugadores de contentamento” mais frequentes?
  • Leia Salmo 16:8-11. Quando você estiver olhando ao seu redor em busca de contentamento, use esta passagem para reorientar seu olhar, fixando-o no Único que pode realmente satisfazê-la.

 

Chamando as mulheres à liberdade, plenitude e abundância em Cristo. Aviva Nossos Corações é um ministério para mulheres, filial no Brasil da organização internacional Revive Our Hearts.

© 2022 Aviva Nossos Corações.