icon-newsletter

Dia 26: como ensinar uma mulher com mais idade

“Habite ricamente em vocês a palavra de Cristo; ensinem e aconselhem-se uns aos outros com toda a sabedoria, e cantem salmos, hinos e cânticos espirituais com gratidão a Deus em seus corações.” — Colossenses 3:16


SEU DESAFIO:

Busque sabedoria no Senhor ao ensinar mulheres de todas as idades e fases da vida.


Por Gaye Clark

P: Como posso ensinar uma mulher que tem mais idade do que eu, convertida há muitos anos, mas ainda é um bebê espiritualmente falando?

R: Responder a essa pergunta requer um conhecimento mais profundo dessa mulher, seu todo, sua história. Aqui estão algumas coisas para manter em mente ao trilhar esse caminho:

 

Esteja certa do seu diagnóstico.

O que faz você chamá-la de bebê espiritual? Vemos uma parte minúscula da vida de pessoas que frequentam um estudo bíblico semanal ou uma aula de escola dominical. Reflita um pouco no fato de que pode não estar vendo a imagem completa. Às vezes, o trauma e outros sofrimentos pessoais podem afetar a forma pela qual alguém interage com os outros. Às vezes, as mulheres podem brincar ou provocar de forma inadequada para esconder a sua dor. Se houver algo mais acontecendo, trate-a com compaixão. Obtenha aconselhamento profissional, se necessário.

 

Conheça-a fora do grupo de estudo e tente responder à pergunta: por que ela não cresceu espiritualmente todos esses anos?

Talvez a sua avaliação esteja correta. Por que ela estaria interessada justamente agora em seu estudo? Responder essas perguntas pode te ajudar a saber a melhor maneira de ensiná-la. A situação pode ser uma oportunidade para você conhecer a história dela e um lugar seguro para ela ser conhecida pode ser o começo da sua caminhada para ajudá-la a aprofundar sua fé em Cristo.

 

As Escrituras nos mostram que esta circunstância não é nova e oferecem um caminho a seguir.

Em Hebreus encontramos um aviso sério aos cristãos que nunca cresceram (Hebreus 5:12-14). Em Coríntios, Paulo aborda o mesmo problema com linguagem semelhante (1 Coríntios 3:2-3).

Em ambos os casos, é necessária uma abordagem que abrange voltar ao básico. Reservar um tempo para conhecê-la de fato e fazer perguntas pode ajudar muito na formação de um relacionamento e na criação de confiança.

Pode ter havido muitos perigos, labutas e armadilhas que ela teve de suportar que a fizeram estar na posição em que está agora. Um ouvido compassivo e atento que está interessado em seu crescimento espiritual pode ser uma dádiva de Deus para ela.

 

Esteja disposta a aprender a medida que ensina.

Uma mulher cristã mais velha que ainda está “engatinhando” na fé pode deixar uma professora cristã mais jovem numa situação muito complicada. Como acontece com qualquer aluno, ninguém gosta de se sentir um projeto. Uma mulher mais velha sem dúvida perceberá isso mais rapidamente do que a maioria. Você mirou em seu ponto fraco! Quais são os recursos que ela pode trazer para a aula ou seu relacionamento com ela? Deixá-la saber que ela tem características que você respeita, habilidades que você gostaria de aprender, também pode amenizar qualquer ressentimento ou ciúme que ela possa sentir por ter uma mulher mais jovem ensinando-a a crescer na fé.

 

Esteja sempre em oração.

Você pode ter certeza disso: seus esforços serão em vão se não forem movidos pela oração. Bata às portas do céu por esta santa mulher, pois o diabo estará lutando para manter sua apatia bem intacta. E nunca se esqueça disso: é o Senhor, em última instância, quem muda o coração e a faz crescer.

 

REFLITA E RESPONDA:

  • Se você fosse ensinada por uma mulher mais jovem, como gostaria de ser tratada? Pense em como a mulher mais velha que você está ensinando pode se sentir e aplique esses princípios ao ensiná-la de maneira piedosa.
  • Antes de ensinar, passe algum tempo em oração, examinando seu próprio coração e as áreas em que Deus deseja que você cresça
  • Peça ao Senhor por humildade e paciência ao ensinar mulheres que estão em planos espirituais diferentes.

Chamando as mulheres à liberdade, plenitude e abundância em Cristo. Aviva Nossos Corações é um ministério para mulheres, filial no Brasil da organização internacional Revive Our Hearts.

© 2022 Aviva Nossos Corações.