icon-newsletter

10 razões para confiar em Deus quanto aos resultados eleitorais

Por Lori Hatcher

 

O poeta francês Victor Hugo disse: “E quando tiver cumprido laboriosamente sua tarefa diária, vá dormir em paz. Deus está acordado. “

Se eu tivesse que escolher uma palavra para descrever essa temporada de eleições, eu escolheria a palavra laboriosa.

Tiradas furiosas e acusações contundentes são disparadas de uma campanha para outra como morteiros durante um conflito armado, e nós, o povo, somos feridos no fogo cruzado. Nós, a igreja, estamos cansadas, com cicatrizes de batalha e em conflito.

Hugo estava certo; cumprimos nossa árdua tarefa e, na noite da eleição, dormiremos, possivelmente sem saber quem será nosso próximo governador, vereador. Ou talvez a votação declarará clara e decisivamente um candidato como vencedor – mas não aquele que esperávamos.

Mesmo assim, podemos dormir em paz. Deus está acordado.

Ele não está apenas acordado, Ele está sentado em Seu trono, reinando sobre os assuntos desta terra com sabedoria e justiça.

 

Dez razões e mais mil

Você pode confiar em Deus se a eleição não sair como você esperava por estes dez motivos e mais mil:

 

  1. O plano de Deus sempre prevalecerá

“Sei que podes fazer todas as coisas; nenhum dos teus planos pode ser frustrado.” (Jó 42:2)

“Mas os planos do Senhor permanecem para sempre, os propósitos do seu coração, por todas as gerações.” (Salmo 33:11)

 

  1. Em obediência a Deus, nós votamos, mas é Deus no final das contas que nomeia nossos líderes

“Todos devem sujeitar-se às autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus; as autoridades que existem foram por ele estabelecidas.
Portanto, aquele que se rebela contra a autoridade está se colocando contra o que Deus instituiu, e aqueles que assim procedem trazem condenação sobre si mesmos.” (Romanos 13:1&2)

“O Altíssimo domina sobre os reinos dos homens e os dá a quem quer, e põe no poder o homem mais simples.” (Daniel 4:17)

 

  1. Cada gota de poder que nossos líderes possuem foi dado a eles por Deus

Você se nega a falar comigo? “, disse Pilatos. “Não sabe que eu tenho autoridade para libertá-lo e para crucificá-lo? “
Jesus respondeu: “Não terias nenhuma autoridade sobre mim, se esta não te fosse dada de cima. Por isso, aquele que me entregou a ti é culpado de um pecado maior.” (João 19:10&11)

 

  1. Independentemente de suas ideologias políticas, Deus dirigirá nossos líderes para onde Ele quiser, de acordo com os Seus propósitos

“O coração do rei é como um rio controlado pelo Senhor; ele o dirige para onde quer.” (Provérbios 21:1)

 

  1. Deus quer que eu respeite a autoridade eleita e ore por nossos líderes.

“Antes de tudo, recomendo que se façam súplicas, orações, intercessões e ação de graças por todos os homens; pelos reis e por todos os que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranquila e pacífica, com toda a piedade e dignidade.” (I Timóteo 2:1-2)

 

  1. Deus, não o homem, é o Governante soberano sobre nações e reinos

“e orou: “Senhor, Deus dos nossos antepassados, não és tu o Deus que está nos céus? Tu governas sobre todos os reinos do mundo. Força e poder estão em tuas mãos, e ninguém pode opor-se a ti.” (2Crônicas 20:6)

 

  1. O reino de Deus está acima do nosso país e de todas as nações da terra. Quando as nações são abaladas e as fundações mudam, o reino de Cristo permanece imóvel.

“Portanto, já que estamos recebendo um Reino inabalável, sejamos agradecidos e, assim, adoremos a Deus de modo aceitável, com reverência e temor.” (Hebreus 12:28)

 

  1. O reino de Deus não apenas resistirá aos ataques de líderes ímpios, triunfará.

De Ciro, o rei babilônico do exílio, ao matador de bebês Herodes e ao matador de cristãos Nero, o cristianismo nunca foi superado, porque o poder do nosso Rei não é deste mundo. A Igreja estabelecida por Cristo quando ressuscitou dos mortos não depende de líderes humanos qualificados para seu sucesso.

“Disse Jesus: “O meu Reino não é deste mundo. Se fosse, os meus servos lutariam para impedir que os judeus me prendessem. Mas agora o meu Reino não é daqui.” (João 18:36)

 

  1. Os líderes vêm e vão. Governos sobem e caem. Somente Deus, Sua Palavra e as pessoas vivem para sempre – e nós viveremos para sempre.

Nossa primeira lealdade é a Cristo, e então à Palavra inspirada por Deus, a Bíblia. Este é o nosso estatuto e é imutável.

“Ele estenderá o seu domínio, e haverá paz sem fim sobre o trono de Davi e sobre o seu reino, estabelecido e mantido com justiça e retidão, desde agora e para sempre. O zelo do Senhor dos Exércitos fará isso.” (Isaías 9:7)

“A nossa cidadania, porém, está nos céus, de onde esperamos ansiosamente um Salvador, o Senhor Jesus Cristo.” (Filipenses 3:20)

 

  1. Mesmo “no exílio”, os cristãos têm uma responsabilidade para com o país em que vivem

Quando os israelitas foram para o exílio e cativeiro na Babilônia, Deus não os isentou do serviço apenas porque viviam sob um governo pagão. Eles não podiam jogar tudo para o alto e serem omissos. Ele deu-lhes uma tarefa. A tarefa deles é nossa também.

“Busquem a prosperidade da cidade para a qual eu os deportei e orem ao Senhor em favor dela, porque a prosperidade de vocês depende da prosperidade dela.” (Jeremias 29:7)

Independentemente de a eleição sair ou não como você desejava, você pode confiar que Deus está totalmente no controle. Ele usará todas as coisas, até mesmo um líder que não temos certeza se queremos, para nosso bem e Sua glória. E, um dia em breve, trocaremos nosso título de eleitor por um passaporte, que nos levará a um novo país, um país melhor, um país onde todos os joelhos se dobrarão e todas as línguas confessarão que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai.

 

Ajeite esse travesseiro sob sua cabeça, amada.  Durma tranquila.

 

https://www.reviveourhearts.com/leaders/blog/10-reasons-trust-god-election-results/?fbclid=IwAR1qSyNk2gly9B4nK18_n-7Bg-le-90unXbgXtMKaT1zOGod14rsEWUGQVw

Chamando as mulheres à liberdade, plenitude e abundância em Cristo. Aviva Nossos Corações é um ministério para mulheres, filial no Brasil da organização internacional Revive Our Hearts.

© 2020 Aviva Nossos Corações.