icon-newsletter

41 Evidências do orgulho

Por Nancy DeMoss Wolgemuth

  1. Você despreza aqueles que são menos educados, menos ricos, menos refinados ou menos bem-sucedidos que você?
  2. Se acha mais espiritual que seu companheiro ou que outras pessoas de sua igreja?
  3. Tem um espírito de julgamento em relação àqueles que não adotam o mesmo estilo de vida ou as mesmas escolhas que você faz… padrões de vestuário, a maneira como você educa seus filhos, padrões de entretenimento etc.?
  4. É rápida para encontrar falhas em outros e em contar isso a eles?
  5. Tem uma língua crítica, afiada?
  6. Frequentemente corrige ou critica seu companheiro, seu pastor, ou outras pessoas em posição de liderança (professores, jovens diretores etc.)?
  7. Gasta tempo indevido, atenção e esforços com sua aparência física – cabelo, maquiagem, roupas, peso, formato corporal, evitando aparentar velhice?
  8. Se sente orgulhosa sobre o cronograma que cumpre, sobre o quão disciplinada você é, o quanto é capaz de realizar?
  9. É direcionada a receber aprovação, louvor, ou aceitação de outros?
  10. É argumentativa?
  11. Geralmente pensa que a sua maneira é a maneira correta, a única ou a melhor forma de fazer as coisas?
  12. Tem um espírito sensível? Ofende-se facilmente? Seus sentimentos são machucados com facilidade?
  13. É culpada de pretensão? Tenta deixar a melhor impressão de si mesma mais do que é de verdade? (As pessoas de sua igreja ficariam espantadas se soubessem como você é realmente em seu lar?
  14. Sente dificuldade em admitir que está errada?
  15. Sente dificuldade em confessar seus pecados a Deus ou a outras pessoas? (Não apenas em generalidades, mas em especificidades)
  16. Sente dificuldade em partilhar suas necessidades espirituais e lutas com outras pessoas?
  17. Tem dificuldade em orar em voz alta com outros?
  18. É excessivamente tímida?
  19. Sente dificuldade em se aproximar ou ser amigável com pessoas da igreja que você não conhece?
  20. Se ressente em ser solicitada ou esperada para que sirva sua família, seus pais ou outras pessoas?
  21. Fica na defensiva quando é criticada ou corrigida?
  22. É perfeccionista? Torna-se irritada ou impaciente quando as pessoas não são?
  23. Tende a ser controladora com seu companheiro, seus filhos, amigos, com aqueles do seu local de trabalho?
  24. Frequentemente interrompe as pessoas quando estão falando?
  25. Seu marido se sente intimidado por sua “espiritualidade”?
  26. Seu marido sente que nunca vai corresponder as suas expectativas sobre o que significa ser um bom marido, líder espiritual etc.?
  27. Você frequentemente reclama? Sobre o tempo, sua saúde, suas circunstâncias, seu trabalho, sua igreja?
  28. Fala muito sobre si mesma?
  29. Sempre está mais preocupada com seus problemas, necessidades, encargos do que com os problemas dos outros?
  30. Se preocupa com o que os outros pensam de você? Preocupa-se com sua reputação ou a reputação de sua família?
  31. Deixa de expressar gratidão por “pequenas coisas”? Para Deus? Para os outros?
  32. Negligencia oração e o que diz a Palavra?
  33. Se sente chateada se suas habilidades ou atos de serviço não são reconhecidos ou recompensados?
  34. Se sente chateada se seus sentimentos ou opiniões não forem considerados quando seu companheiro ou seu chefe está tomando uma decisão ou se você não for informada quando uma escolha for feita ou uma decisão for tomada?
  35. Reage às regras? Tem dificuldade quando te dizem o que fazer?
  36. É autoconsciente de sua falta de educação, beleza natural, ou do seu status socioeconômico?
  37. Evita participar de certos eventos por medo de se sentir envergonhada ou de parecer boba?
  38. Evita estar rodeada de pessoas as quais se sente inferior comparada a elas?
  39. Se sente desconfortável em convidar pessoas para sua casa por achar que a casa não é agradável o suficiente ou porque você não pode se dar ao luxo de ter entretenimentos extravagantes?
  40. É difícil para você deixar os outros saberem que precisa de ajuda (prática ou espiritual)?
  41. Quando foi a última vez que você disse aos seus familiares, amigos ou companheiros de trabalho: “Eu estava errada, poderia me desculpar?” (Se faz mais de um mês, anote isso!)

 

Está sentada pensando em quantas dessas questões aplicam-se a alguém como você? Sente-se bem por nenhuma dessas questões realmente se aplicarem a você?

https://www.reviveourhearts.com/articles/41-evidences-of-pride/

Chamando as mulheres à liberdade, plenitude e abundância em Cristo. Aviva Nossos Corações é um ministério para mulheres, filial no Brasil da organização internacional Revive Our Hearts.

© 2022 Aviva Nossos Corações.