icon-newsletter

O que vou ganhar com isso?

Por Nancy DeMoss Wolgemuth

 

Uma das razões principais pelas quais as pessoas experimentam um sentimento de frustração e fracasso em sua vida devocional é porque não entendem o porquê esse hábito é importante. Como resultado, existem cristãos sinceros que fazem (ou tentam fazer) uma devocional diária pelas razões erradas.

Então, qual é o propósito de fazer uma devocional? O que faz valer a pena o esforço para acordar mais cedo, encontrar tempo em uma agenda agitada e priorizar a hora silenciosa diária? O que esperamos ver como resultado desse tempo? E por que esse hábito é tão crucial na vida de um cristão? Gostaria de sugerir oito propósitos que descobri. Os quatro primeiros têm a ver principalmente com a nossa vida interior com Deus e os outros quatro afetam não apenas nossa vida interior, afetam também nosso estilo de vida e nossos relacionamentos com os outros.

 

Comunhão

O maior propósito de investir tempo na Palavra de Deus é conhecer a Deus! Que privilégio maravilhoso ser convidado a ser amigo do Deus do universo e caminhar com Ele em um relacionamento íntimo e pessoal. O objetivo não é riscar mais uma coisa da nossa lista de tarefas, mas se encontrar com Ele; não é “fazer devocional”, mas experimentar a verdadeira “devoção”. (Êxodo 33:13)

 

Purificação

Ao passar tempo a sós com Deus pela manhã, peço a Ele que vê e sabe tudo para expor qualquer coisa no meu coração que não seja santo. Ele me conhece melhor do que eu mesma. Minha tendência natural seria encobrir meu pecado, por isso peço que Ele ilumine a luz de Sua santidade em meu coração e me mostre o que Ele vê. Através da adoração, oração e da Palavra saio das trevas para a Sua luz. (Salmo 19:12; 139:23-24)

 

Restauração

À medida que caminhamos todos os dias, respondendo às necessidades das pessoas ao nosso redor, podemos nos tornar física, emocional e espiritualmente esgotadas. Deus tem um suprimento interminável de graça, força e sabedoria disponível que Ele deseja fluir através de nós para os outros. E precisamos continuar voltando à Sua presença para reabastecer nosso suprimento. (Salmo 23:1-3)

 

Instrução 

Não seria ótimo se existisse uma aula que pudesse ensinar tudo o que você precisa saber e fornecer respostas para todos os seus problemas? Na verdade, já existe um “curso” que aborda todos os problemas que enfrentaremos. O Professor gosta de se reunir individualmente com Seus alunos, para que Ele possa adaptar o curso às nossas necessidades. Ele está disposto a dar aula todos os dias em que estamos dispostos a encontra-Lo. Já temos o Livro Didático que foi escrito pelo próprio Professor. Algumas partes podem ser difíceis de entender. Mas o Professor está sempre disponível-vinte e quatro horas por dia―para nos ajudar a entender. (Salmo 25:4-5,9,12,14)

 

Submissão

Ao longo dos anos, aprendi uma verdade fundamental. Se o problema é devastador ou apenas uma pequena interferência na tela do radar de nossas vidas, a questão real é a seguinte: “Vou me render à mão de Deus e aos Seus propósitos em minha vida?”  Aqueles que se recusam a renunciar o controle tornam-se emocional e espiritualmente falidos – amargos, exigentes, impossíveis de conviver. Aqueles que dizem em simples entrega: “Sim, Senhor”, saem da experiência espiritualmente ricos e suas vidas se tornam uma fonte de graça e encorajamento para os que estão sofrendo. (Salmo 40:8)

 

Direção

Deus quer que busquemos Seu conselho e direção em relação aos assuntos que nos preocupam. Durante nosso tempo devocional entramos em Sua presença e colocamos nossas vidas diante Dele ― nossa rotina, nossas perguntas e as circunstâncias e decisões que estamos enfrentando. Então, com Sua Palavra aberta diante de nós e nossos corações abertos diante Dele, procuramos descobrir o que está em Seu coração em relação ao assunto. Confiamos Nele para iluminar Sua luz em nosso caminho. (Tiago 1:5)

 

Intercessão

Muitas de nós nascemos querendo consertar tudo. Nossa tendência natural é tomar as coisas em nossas próprias mãos, nos desgastar e nos preocupar e exigir soluções. No processo, muitas vezes ignoramos os meios realmente eficazes que temos para impactar a vida das pessoas ao nosso redor. Estou convencida de que se você e eu gastássemos mais tempo orando pelas necessidades dos outros ao invés de ficarmos ansiosas sobre elas, se conversássemos menos sobre elas com outras pessoas e parássemos de tentar resolve-las, teríamos muito mais resultados. (Marcos 2:1-5)

 

Transformação

Deus não quer que usemos as máscaras de “bons cristãos”. Ele quer que sejamos metamorfoseadas – transformadas de dentro para fora à semelhança do Senhor Jesus. Podemos usar as máscaras na força de nossa própria carne, mas provavelmente acabaremos desgastadas e frustradas. Somente o Espírito de Deus pode nos metamorfosear (transformar) à imagem de Jesus. (2 Coríntios 3:18)

 

https://www.reviveourhearts.com/articles/whats-it-me/

Chamando as mulheres à liberdade, plenitude e abundância em Cristo. Aviva Nossos Corações é um ministério para mulheres, filial no Brasil da organização internacional Revive Our Hearts.

© 2021 Aviva Nossos Corações.