icon-newsletter

Sombras que ensinam

Por Brianna Lambert

 

Este ano, enquanto ensinava meus filhos em casa, aprendi a importância de um bom recurso visual. Quando rangemos os dentes com conceitos matemáticos ou problemas complicados que parecem tão abstratos, é um santo alívio estreitar nosso foco, buscar recursos visíveis, e construir o problema com algo que podemos enxergar.

Como cristãos, muitas vezes nos encontramos na mesma situação. Grandes ideias como graça, perdão, sabedoria, soberania, confiança, paciência, misericórdia e sacrifício passam por nossos olhos e ouvidos todos os dias. Alguns dias você pode se perguntar como começar a processar o verdadeiro peso desses poderosos conceitos. Mas, quer percebamos ou não, ao longo de nossas vidas Deus tem graciosamente construído nosso conhecimento sobre quem Ele é, pouco a pouco. Em Sua bondade, Ele estreita nosso foco e nos ajuda a ver Suas palavras vividas com algo que podemos enxergar.

 

Sombras e revelação

Essa verdade é encontrada nas páginas da Bíblia. Deus sempre provou ser um Deus condescendente com Seu povo. Embora seja poderoso e sábio, Ele sabe que Suas criaturas são limitadas. Quem somos nós para compreender – entender o conceito – da incrível salvação do Senhor? Ou mesmo a realidade da total depravação do pecado? Em vez de simplesmente comunica-lo, Deus graciosamente mostrou a Seu povo.

Vemos isso visivelmente no belo modelo do sistema sacrificial que Ele criou. Pense nisso: cada vez que uma mulher israelita passava pelo tabernáculo e sentia o cheiro do incenso queimando, ou imaginava a tenda interna que abrigava o Santo dos Santos, ela crescia profundamente no conhecimento da santidade de Deus. Todos os anos, o sacerdote sacrificava a oferta de expiação como um aroma agradável ao Senhor. O sacrifício era queimado, os pecados lançados sobre um bode emissário que depois era colocado para fora do acampamento. Nisto o povo de Deus podia enxergar com seus próprios olhos a realidade do que seus pecados exigiam.

Essas sombras apontavam para a realidade que aconteceria com a vinda de Jesus Cristo e demonstravam uma imagem do que deveria ser cumprido. Essas sombras ainda nos ensinam hoje. Vemos as dicas, pistas e exemplos à medida que progrediram ao longo da história até que finalmente culminaram no Jesus visível, palpável e audível que veio habitar com o homem. Isto é incrível.

 

Enxergando os blocos da construção

A boa nova é que Deus ainda não terminou de ensinar o Seu povo por meio de exemplos. Seu Espírito Santo nos ensina a cada dia por meio das diversas situações em nossas vidas. Uma filha adotiva poderá experimentar um significado mais profundo ao se unir à família de Cristo. Uma mulher que sofre de doença crônica poderá ter uma perspectiva mais ampla do que significa ter esperança na alegria do corpo ressuscitado de Cristo. Uma mãe poderá ter uma compreensão mais profunda do amor sacrificial de Deus ou até mesmo dos cuidados disciplinares. Todas nós podemos olhar para trás em nossas vidas e relembrar períodos de tempo ou relacionamentos que o Senhor usou para nos dar uma compreensão mais clara de Suas verdades.

Talvez foi uma amizade que exigiu um perdão profundo. Talvez tenha sido um período de sofrimento físico que nos ensinou o significado da fidelidade ou nossa dependência Dele. Talvez Deus tenha mostrado Sua provisão quando precisávamos de algo, ou entendemos mais claramente Sua suficiência ao vermos nossos sonhos se dissiparem.

É importante lembrar que quando nos tornamos cristãos, Deus não nos deixou com a Bíblia e um tapinha nas costas. Assim como Ele foi a fonte da nossa salvação, Ele é a fonte da nossa santificação. Ele está empenhado em nos aproximar Dele e soberanamente usar nossas circunstâncias individuais para nos ensinar.

Podemos olhar para trás admiradas e ver como Ele pegou palavras de nossa leitura das Escrituras ou da pregação no domingo e as costurou em nosso dia a dia, graciosamente nos dando um visual para aumentar nosso entendimento. Às vezes, no presente, parece que o crescimento é pequeno, mas quando olhamos para trás, muitas vezes veremos a paciente e fiel obra do Senhor (Filipenses 1:6).

 

Agradecendo a Deus por Sua obra

Ao fazermos nossas listas de gratidão este mês, vamos passar algum tempo olhando para trás, para as maneiras como o Senhor aumentou nossa compreensão de Si mesmo. Quais relacionamentos ou circunstâncias Deus usou como um recurso visual em sua vida? É importante lembrar disso não apenas para agradecê-Lo, mas porque são lições em si. Pois quando olhamos para trás, para os blocos de construção do nosso crescimento, vemos exemplos reais do Espírito Santo em ação, movendo-nos de um grau de glória para outro (2 Coríntios 3:18). Vemos evidências do Deus que progressivamente se revelou a Seu povo por meio das Escrituras e como Ele faz isso em nossas próprias vidas também. Somos lembradas mais uma vez que nosso Deus não está longe, mas Ele é Emanuel, Deus conosco.

Louvado seja o Senhor, porque Ele estreita nosso olhar para que possamos crescer mais profundamente em nosso conhecimento Dele.

 

https://www.reviveourhearts.com/true-woman/blog/shadows-teach/

Chamando as mulheres à liberdade, plenitude e abundância em Cristo. Aviva Nossos Corações é um ministério para mulheres, filial no Brasil da organização internacional Revive Our Hearts.

© 2021 Aviva Nossos Corações.