Acreditamos em um único Deus, Criador e Senhor do universo, o qual existe eternamente em três pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo. (Genesis 1:1; Deuteronômio 6: 4; Mateus 28:19; Marcos 12:29; João 10:30; Atos 5: 3-4; 2Coríntios 13:14; Hebreus 1: 1-3)

 

Acreditamos que a Bíblia, tanto o Antigo quanto o Novo Testamento, é a Palavra de Deus com autoridade absoluta e inspirada por Deus, sem erros em todos os seus ensinos, que inclui a criação, a história, suas próprias origens e salvação. É a autoridade suprema e final em todas as questões de fé e conduta. (Mateus 5:18; João 17:17; 2Timóteo 3: 16–17; 2Pedro 1: 19–21; Apocalipse 22: 18–19)

 

Acreditamos que Jesus Cristo, o Filho de Deus, foi concebido pelo Espírito Santo, nasceu da virgem Maria, viveu uma vida sem pecado, morreu de forma substitutiva e expiatória na Cruz, ressuscitou fisicamente dos mortos e ascendeu ao Céu, onde verdadeiramente Deus e verdadeiramente homem, Ele é o único mediador entre Deus e o homem. (Isaías 7:14, 9: 6–7; Mateus 1: 18–25; Marcos 14: 61–62; Lucas 3:22; João 1: 1–3, 14, 29, 5:18, 8:58, 10:30; 2Coríntios 5:21; Filipenses 2: 5-11; Colossenses 2: 9; 1Timóteo 2: 5; 1João 5:20)

 

Acreditamos na necessidade da obra do Espírito Santo para o novo nascimento e crescimento do indivíduo até a maturidade, e para a constante renovação da Igreja na verdade, sabedoria, fé, santidade, amor, poder e missão. Cada crente é chamado a viver e andar no poder do Espírito Santo que habita nele, para que dê frutos para a glória de Deus e não cumpra as concupiscências da carne. (João 14: 16–17, 26, 15: 26–27, 16: 7–15; Atos 1: 8; Romanos 8: 9, 14; 1Coríntios 2: 10–11, 6:19, 12: 4– 13; 2Coríntios 3:18; Gálatas 5: 16–18, 22–23; Efésios 4:30, 5: 18–21)

 

Acreditamos que todos são pecadores perdidos e não podem ver o Reino de Deus, exceto por um novo nascimento, que acontece por meio do arrependimento do pecado e da fé em Deus. A justificação é pela graça por meio da fé somente em Cristo. (João 1: 11–13, 3:16, 5:24, 10: 28–30, 14: 6; Romanos 3: 23–26, 6:23; Efésios 2: 8–10; Tito 3: 5; Hebreus 7: 24–25; 1Pedro 1: 18–19; 1João 5: 11–13)

 

Acreditamos que Jesus Cristo é o Cabeça da Igreja, que é composta por todos os crentes em todo o mundo. Localmente, a igreja é um grupo de crentes organizados para fazer a vontade de Deus. Seu chamado é adorar a Deus e testemunhar a respeito de sua Cabeça, Jesus Cristo,  pregar o Evangelho entre todas as nações, demonstrar seu compromisso pelo serviço compassivo às necessidades dos seres humanos e promover a retidão e a justiça. (Atos 2: 41–47; 1Coríntios 12:13; Efésios 1: 22–23; Colossenses 1:18; Hebreus 10:25)

 

Acreditamos que Jesus Cristo retornará pessoalmente e visivelmente em glória para ressuscitar os mortos e trazer a salvação e o julgamento à conclusão. Deus manifestará plenamente Seu Reino quando estabelecer um novo céu e uma nova terra, nos quais será glorificado para sempre e excluirá todo o mal, sofrimento e morte. (João 14: 2–3; Romanos 14: 10–12; 1Coríntios 15: 51–54; 2Coríntios 5:10; 1Tessalonicenses 4: 15–17; Apocalipse 20: 11–15, 22: 12–17)